O OUTRO LADO DA MOEDA!!!

10.02.2005

Cavalo à solta

Minha laranja amarga e doce
meu poema
feito de gomos de saudade
minha penapesada e leve
secreta e pura
minha passagem para o breve breve
instante da loucura.
Minha ousadia
meu galope
minha rédea
meu potro doido
minha chama
minha réstia
de luz intensa
de voz aberta
minha denúncia do que pensa
do que sente a gente certa.
Em ti respiro
em ti eu provo
por ti consigo
esta força que de novo
em ti persigo
em ti percorro
cavalo à solta
pela margem do teu corpo.
Minha alegria
minha amargura
minha coragem de correr contra a ternura.
Por isso digo
canção castigo
amêndoa travo corpo alma amante amigo
por isso canto
por isso digo
alpendre casa cama arca do meu trigo.
Meu desafio
minha aventura
minha coragem de correr contra a ternura.
José Carlos Ary dos Santos

12 Comments:

Blogger hfm said...

Uma das nossas mais belas letras!

3/10/05 14:05  
Blogger Nina said...

Este poema cantado é uma delicia :)

Anda daí ver o Eclipse no meu blog :)

Beijinho

3/10/05 18:39  
Blogger Micas said...

Grata por este momento de beleza. Beijo e boa semana

3/10/05 20:46  
Blogger Um Olhar Sobre... said...

A música que toca aqui é sem duvida mt bonita, mas gostaria de ouvir a voz do Fernando a cantar o poema que colocaste aqui, que há-de ser lindo pró resto da vida.

Eu ando um pouco afastada da blogosfera, mas sempre que me é possível venho visitar os amigos, não me esqueci deles :).

Beijoka

3/10/05 22:14  
Blogger Mendes Ferreira said...

obrigado. Beijos.

3/10/05 22:22  
Blogger Rui said...

Obrigado pelo comentário no meu blog, remeto a mesma cortesia...optimo blog.

www.demo_cracia.blogspot.com

4/10/05 13:47  
Blogger manhã said...

Adoro essa música!

4/10/05 20:47  
Blogger eco de mim said...

ñ tenho conseguido ver o teu blog, de cd x q tento o comp bloqueia, mas agr.... é desta! ;)

4/10/05 23:46  
Blogger AAA said...

Quando nos poderemos encontrar?
http://sopadenabos.blogspot.com

6/10/05 00:13  
Blogger Fernando B. said...

Muito bem escolhido este Poema que denota a garra e a mestria, com que o grande e saudoso, mas sempre presente, Ary, nos habituou.

Um Abraço,

6/10/05 01:16  
Blogger Geosapiens said...

...é fernando b....tens razão...falta-nos um Ary dos Santos...insubstituível...um abraço...
...sou o eco de mim mesma!...tenho tido algum problema semelhante...mas acho que era do acesso do meu servidor...acho que já está resolvido...obrigado pela visita...bonita imagem no perfil...um beijo...
...o Seal é extraordinário...é uma...manhã...de emoções...um beijo para ti...
...rui...o teu Blog...também é óptimo...foi um prazer lê-lo...volta sempre...um abraço...
...mendes ferreira...um de nada...e retribuo o beijo...
...um olhar sobre...não encontrei ainda nenhum ficheiro com a voz deste poema...se me puderes dizer onde...pô-lo-ei...um beijo...
...micas...para quem nos dá muitos momentos de beleza...um só uma fraca consolação...um beijo e obrigado pela visita...
...nina...adorei vêr o eclipse no teu blog...obrigado pelo convite...e um beijo...
...hfm...é mesmo uma das nossas mais belas letras...um beijo...

6/10/05 22:56  
Blogger Sandra Feliciano said...

foste de férias, ou foste atacado pela famosa gibóia? Nada de novo neste blogs já há uns dias... :-(

6/10/05 23:16  

Enviar um comentário

<< Home